quinta-feira, 30 de abril de 2009

.Terapia.


E eu que sempre fui tão segura e certa do que queria... agora me vejo assim... entre salas de terapia e tarjas pretas.
Uma vez, conversando com um amigo há um tempo atrás, ele me disse se eu não fazia terapia. Dei risada. Eu? A minha auto-análise sempre me foi suficiente para conter crises existenciais ou dores de cotovelo! Não, não obrigada!
Nunca tive dessas crises de adolescente.. pelo menos nada que durasse mais que 15 minutos. Daí eu conversava comigo.. dava-me uns tapinhas na cara.. dizia bem alto "acorda mulher".. e seguia feliz da vida! Mas agora não. Agora é diferente. As minhas dúvidas de agora eu não tinha antes. As minhas dúvidas de agora me causam angústias, medos, e uma tristeza que não sei de onde vem.
O coração? O coração vai bem. A gente não sofre do coração quando ele é bem cuidado. O meu tá em ótimas mãos. Não se trata disso.
É o resto!
Eu tenho 20 anos e já tenho que saber o que eu quero pro resto da vida! Eu tenho que escolher uma profissão que me dê prazer e dinheiro (e no momento eu tô achando a distância entre essas duas coisas grande demais! é a crise! buemba buemba neh!), tenho que ser uma mulher independente (acho um absurdo eu ter que pagar pelo feminismo alheio! que fique bem claro que não me importo em homens abrindo a porta do carro, tirando chapéu e pagando a conta, ok! rs - tá tá.. até parece né!¬¬), tenho que segurar a barra aqui em casa (longa história, vamos deixar prá lá!), moro numa cidade menor que meus anceios (e isso não é pelo tamanho, é por pura antipatia mesmo sabe!), tenho dores de cabeça que não me dão trégua, tenho insônia por preocupações tolas, tenho que seguir horários que não quero, não faço mais as coisas que me dão tesão, minha vida tá bagunçada.. e a minha auto-analise foi pro beleléu! Meu id brigou com meu super e meu ego tá um nó sem fim!
E agora tenho que dar o braço a torcer!
OK Ok.. talvez eu precise de análise... e isso não é o fim do mundo... gente rica faz analise.. é chique, não é?rs
E viva o divã!!!!

3 comentários:

Jorge disse...

Medo de fazer análise e perder inspiração, já diria Cazuza.

Sabes que eu também deveria fazer análise, ninguém me disse isso. Eu durante o meu processo de auto análise cheguei a essa conclusão, mas não consigo, juro, já tentei.


Beijos

em mim em ti borboletamente amor disse...

o que nao me mata... eu transformo em poesia.

Amanda Abreu Silva disse...

Jú...sou super a favor de análise, terapia...hahaha...fora de brincadeira,mas pode ajudar tanto que até Deus duvida ! bjo